quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Possibilidades

Já não valem mais as caixas
estanques na estante,
organizadas em faixas
dispostas paralelamente.
Já não vale a lógica
conhecida e previdente
a produzir o de sempre.

Já não vale mais 
ser só conciliação,
o caminho do meio,
o fiel da balança,
o apoio, o esteio.
Agora é hora da essência,
da loucura, da urgência,
de alcançar a real consciência.

Perceber que há perigo
e, ainda assim, sair do abrigo,
buscar a paixão:
aquela que queima, que arde,
que se espalha, invade
e aniquila a vaidade
do caminho seguro.

Não há certeza, é claro!
Mas há a chance
de provar o gosto raro
da própria verdade,
de confirmar ser real o seu faro.

Se a vida foi vivida
de forma corrida
como letra cursiva
e não houve intervalo,
agora é a hora do fogo,
de sair do previsível jogo.

É hora de deixar de fazer tudo igual,
com a certeza de que não há bem ou mal.
Há apenas a oportunidade de viver,
da forma que melhor lhe aprouver... 

Rob Gonsalves (artista canadense)
Rob Gonsalves (artista canadense)