terça-feira, 12 de março de 2013

Sair de si

Depois de um tempo
tudo se torna mais claro
e ainda que ele seja raro
é necessário aproveitar o momento.
Tudo por que passas é merecido,
não há nada sem um sentido.
É necessário ainda o reconhecimento
de que cada ato tem consequência,
é tudo uma questão de benemerência.
Por outro lado é preciso perceber
que também passa ao largo de ser castigo.
Assim, deixa para trás o comodismo,
abandona de vez o vitimismo.
Se tanto já aprendeste até agora
que tal inflar o peito e por para fora
o bem que trazes em teu coração?
Deixa que se espalhe tua bondade,
deixa que flua de ti a serenidade.
Verás não ser necessário tanto esforço,
somente a disposição de o coração abrir.
Verás que tudo de bom que fizeres
será o mesmo que te fará sorrir,
tudo o que por ti for ofertado
será também por ti recebido.
Muito provavelmente chegarás então
à providencial conclusão:
tudo aquilo que é doado
faz o próprio doador se sentir recompensado!
Quem sabe esta não será
a tua mais importante lição?
Quem sabe não é isto o que falta
para mais um passo em tua evolução...?