terça-feira, 10 de abril de 2012

Espia...


Espia por entre teus dedos,
vê que brilha a alegria!
Ainda que em teu peito haja medo,
espanta de ti a agonia
que te consome desde tão cedo.
Expulsa da mente a algaravia
dos confusos pensamentos,
permite a ti mesmo acreditar
que o sol permanece a brilhar
mesmo que nuvens se coloquem a sua frente.
Assim também deve pensar
todo aquele que usa as mãos para tapar
os olhos que anseiam por enxergar
a beleza da vida, a alegria
que existe no simples dia-a-dia...