terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Por que a dor?

Qual o sabor que tem
a dor quando ela vem?
É amarga como é voz corrente
ou seu sabor é dependente
do fato acontecido?
Tem a dor algum sentido?
Mais que elucidar a questão,
meu intento é trazer a reflexão
sobre assunto tão rejeitado.
Difícil pensar sobre o tema,
ainda mais quando se faz um poema.
Entretanto ela é presente,
não existe aquele que não sente
a dor como parte da vida,
quem nunca teve ou tem uma ferida.
Mas se com ela vem a tristeza,
será que não vem também a certeza
de que existe um aprendizado?
Não será a dor uma lição,
sua finalidade ser do ser a evolução
no mundo-escola por Deus criado?...
Pablo Picasso