terça-feira, 16 de abril de 2013

O elo

Está no ar, nas folhas que balançam,
está nos frutos da árvore alta
que não se alcançam.
Está na mão que estende o auxílio
ao roto que dela se aproxima.
Está na linda flor que desabrocha
e na canção suave que o vento toca.
Está no coração da mãe
naquele instante em que docemente
a roupinha de seu bebê troca.
É presente no ar que se respira
e no olhar tão confiante da criança
que nos braços do pai se atira.
É visível naquele momento singelo
em que se constata no céu
o azul mais belo.
É o foco do mais puro louvor
seja qual for o nome do Senhor.
E então, posso presumir que já sabes
o que é comum a tanta descrição,
quem é a mais pura, a melhor
e mais perfeita forma de condução?...