terça-feira, 30 de julho de 2013

Viver, viver!

Vive, vive, ainda que em sofrer,
nada supera o desejo de viver.
Se, por vezes, te sentes desanimado
e pensas que da vida já estás cansado,
venho hoje um argumento trazer:
mais que te entregares ao desespero,
vale a vida que ainda tens por viver.
A ninguém é dado dela desistir,
pois nunca se sabe do futuro.
Tampouco vale ficar sobre um muro,
aguardando por exterior definição.
Tudo deve aflorar de seu peito,
de sua mente, corpo, coração.
O que passou não volta mais,
o presente é só o que tens.
Então se desejas sentir paz,
aconselho-te a conferir teus bens.
Valorizar o quanto já aprendeste,
produziste, ensinaste, ganhaste.
Reconhecer como bônus, bênção,
a ser desfrutado dia por dia,
de preferência com alegria.
Por isso te digo: vive, vive,
aproveita a chance que te foi dada.
Tudo é o que tens pela frente,
o que já viveste é nada.
Cada dia é graça recebida,
é do hoje que se faz a jornada...
Nascer do sol - Maceió