terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Pensando sobre o tempo...

O tempo é bem precioso
para quem não o tem sequer para pensar.
O tempo, às vezes, é menino manhoso
e passa por nós, a nos alvoroçar.
Derruba certezas,
apaga belezas
e põe o que achávamos certo em outro lugar.
Mas também se pode pensar
que o tempo é para ser vivido
em auxílio a quem precisa,
na busca do que nos traz paz e bem-estar.
Para que o tempo faça sentido,
deve ser visto como obra de arte:
perecível pelo lado material,
eterno no que concerne ao espiritual...